A carregar Espetáculos

Espetáculos

Teatro

UMA SOLIDÃO DEMASIADO RUIDOSA

ARTISTAS UNIDOS

XXII Festa do Teatro

DIA 23 AGO . DOMINGO . 21H30

António Simão, dos Artistas Unidos, volta à peça que encenou e interpretou, 23 anos depois da estreia no Centro Cultural de Belém.

O monólogo “Uma Solidão Demasiado Ruidosa” conta a história de Haňta, que, há décadas, passa os dias num subterrâneo de Praga, República Checa, a prensar papel velho, mas vai colecionando o conhecimento que lhe passa pelas mãos através das pilhas de livros condenados à destruição.

Este romance, escrito em 1976 por Bohumil Hrabal, considerado um dos mais importantes escritores checos do século XX, foi censurado e publicado em samizdat, uma forma de ativismo dissidente onde obras censuradas pela antiga União Soviética e países apoiantes acabavam por ser impressas clandestinamente e depois distribuídas.

Bohumil Hrabal, nascido em 1914, assistiu à ocupação nazi e comunista do seu país. Depois da invasão da Checoslováquia, em 1968, os seus livros foram apreendidos e proibidos, obrigando-o a tornar-se num escritor clandestino.

Plano de Contingência do Fórum Municipal Luísa Todi Covid-19

Detalhes

Data:
23 Agosto
Hora:
21:30 - 23:30
Categoria de Espetáculo:

Outro

Barra lateral

BILHETES: Geral: 8 € . Estudantes, menores de 25 anos, maiores de 65 e profissionais do setor das artes: 6 € . Bilheteira online

SINOPSE: Monólogo que conta a história de Haňta, que passa os dias a prensar papel velho e vai colecionando o conhecimento que lhe passa pelas mãos através de livros condenados à destruição.

CLASSIFICAÇÃO: M/12 anos

DURAÇÃO: 60 minutos, aproximadamente

ELENCO: António Simão

APOIO CENOGRÁFICO: Isabel Boavida

LUZ: Pedro Domingos

ASSISTÊNCIA GERAL: João Meireles

PRODUÇÃO: Artistas Unidos e Actores Produtores Associados

MAIS INFORMAÇÕES: Espetáculo sujeito a reserva pelo telefone 265 522 127 ou pelos endereços bilheteira.fmlt@mun-setubal.pt ou fmlt@mun-setubal.pt

©  . Fórum Municipal Luísa Todi . Todos os direitos reservados