A carregar Espetáculos

Espetáculos

Música

Francisco Fanhais, João Afonso e Operária Grandolense

Concerto
Comemorações do 25 de Abril
23 de abril . 21h00

José Afonso é convidado para cantar na Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense em 17 maio de 1964. No espetáculo canta pela primeira vez um poema dedicado a Catarina Eufémia, que terá sido gravado em 1971 no disco “Cantigas do Maio” com o título “Cantar Alentejano”.

Impressionado com o espírito fraterno e democrático que ali encontra, José Afonso envia, dias depois da sessão, uma carta a José da Conceição, um dos responsáveis pela sua organização, em que junta o poema “Grândola, vila morena”, dedicado à coletividade e a Grândola.

Este poema, feito canção, seria gravado em 1971 em Hérouville, num castelo-estúdio onde gravaram músicos igualmente importantes para a História da Música, como Sérgio Godinho, David Bowie, Pink Floyd, Jethro Tull, Fleetwood Mac, Cat Stevens, Iggy Pop, Elton John, Bee gees, entre outros, e publicado no disco “Cantigas do Maio”, que marca a estreia de José Mário Branco na direção musical e orquestração de trabalhos de José Afonso.

Perante a relevância estética e histórica do disco “Cantigas do Maio”, que foi considerado por críticos do semanário Se7e o Melhor Álbum de Sempre da Música Popular Portuguesa e inclui a canção “Grândola, vila morena”, utilizada como senha para o derrube da ditadura em 25 de abril de 1974, e tendo em consideração as afinidades e coincidências entre as canções que o disco integra e a Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, o Observatório da Canção de Protesto encomendou, no quadro das comemorações dos 50 anos sobre este disco, um espetáculo dedicado à sua interpretação integral e à partilha de histórias que envolveram a sua gravação, protagonizado pela Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense, Francisco Fanhais, cantor e músico que integrou o movimento de cantores de protesto surgido na década de 60 em Portugal e participou na gravação do disco “Cantigas do Maio”, e João Afonso, um dos principais autores e intérpretes portugueses da atualidade.

 

Detalhes

Data:
23 Abril
Hora:
21:00
Categoria de Espetáculo:

Outro

Barra lateral

BILHETES: Entrada livre, mediante reservas através do endereço bilheteira.fmlt@mun-setubal.pt

COM: Francisco Fanhais, João Afonso e a banda filarmónica da Sociedade Musical Fraternidade Operária Grandolense

PARTICIPAÇÃO ESPECIAL: Rogério Cardoso Pires (acompanhamento à guitarra do tema “Cantar Alentejano”)

COMPOSIÇÃO E ARRANJOS: Lino Guerreiro

DIREÇÃO MUSICAL: Luís Filipe Araújo e Silva

©  . Fórum Municipal Luísa Todi . Todos os direitos reservados